Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . .
Dow Jone ... % . . . . .
Espanha 0% . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Cuiabá, MT

Máx
35ºC
Min
26ºC
Pancadas de Chuva

Quinta-feira - Cuiabá, MT

Máx
33ºC
Min
25ºC
Pancadas de Chuva

Hoje - Belo Horizonte, MG

Máx
32ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Belo Horizon...

Máx
31ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Sete Lagoas, MG

Máx
33ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Sete Lagoas,...

Máx
34ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Campo Grande, MS

Máx
36ºC
Min
25ºC
Pancadas de Chuva a

Quinta-feira - Campo Grande...

Máx
32ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,77 3,77
EURO 4,28 4,29
LIBRA ES ... 4,85 4,85
IENE 0,03 0,03
PESO (ARG) 0,10 0,10

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Seção de Direito Privado 1 julga IRDR relacionado a planos de saúde

Incidente foi acolhido por votação unânime.           A Turma Especial da Seção de Direito Privado 1 (DP1) julgou hoje (8) Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR) sobre reajuste por mudança de faixa etária aos 59 anos de idade em contratos coletivos de plano de saúde. O colegiado definiu, por votação unânime, acolher o incidente e fixar as seguintes teses:         Tese 1 - “É válido, em tese, o reajuste por mudança de faixa etária aos 59 anos de idade, nos contratos coletivos de plano de saúde (empresarial ou por adesão), celebrados a partir de 1/1/04 ou adaptados à Resolução nº 63/03, da ANS, desde que (i) previsto em cláusula contratual clara, expressa e inteligível, contendo as faixas etárias e os percentuais aplicáveis a cada uma delas, (ii) estes estejam em consonância com a Resolução nº 63/03, da ANS, e (iii) não sejam aplicados percentuais desarrazoados que, concretamente e sem base atuarial idônea, onerem excessivamente o consumidor ou discriminem o idoso.”;         Tese 2 - “A interpretação correta do artigo 3°, II, da Resolução nº 63/03, da ANS, é aquela que observa o sentido matemático da expressão “variação acumulada”, referente ao aumento real de preço verificado em cada intervalo, devendo-se aplicar, para sua apuração, a respectiva fórmula matemática, estando incorreta a soma aritmética de percentuais de reajuste ou o cálculo de média dos percentuais aplicados em todas as faixas etárias.”.         Ainda por votação unânime, a Turma Especial aprovou proposta de revogação da Súmula 91 do TJSP, com encaminhamento ao Órgão Especial da Corte, para deliberação. O relator do IRDR é o desembargador Grava Brazil e a Turma Especial, composta por 20 desembargadores das dez câmaras da Seção de Direito Privado 1, é presidida pelo desembargador Beretta da Silveira.         O IRDR é um instituto jurídico implementado pelo novo Código de Processo Civil cabível quando há em persas demandas processuais controvérsia sobre mesma questão unicamente de direito. O objetivo é uniformizar a jurisprudência e garantir isonomia, previsibilidade e segurança jurídica a partir de entendimento de determinada matéria.           IRDR nº 0043940-25.2017.8.26.0000                    imprensatj@tjsp.jus.br
08/11/2018 (00:00)
Visitas no site:  446132
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.