Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . .
Dow Jone ... % . . . . .
Espanha 0% . . . . .
NASDAQ 0,02% . . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Santos, SP

Máx
24ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - Santos, SP

Máx
23ºC
Min
19ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - São Paulo, SP

Máx
21ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - São Paulo, ...

Máx
24ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Florianópolis, SC

Máx
25ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - Florianópol...

Máx
27ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Curitiba, PR

Máx
20ºC
Min
12ºC
Nublado com Possibil

Quarta-feira - Curitiba, PR

Máx
23ºC
Min
12ºC
Nublado com Possibil

Hoje - Cuiabá, MT

Máx
32ºC
Min
21ºC
Nublado e Pancadas d

Quarta-feira - Cuiabá, MT

Máx
29ºC
Min
23ºC
Nublado e Pancadas d

Hoje - Belo Horizonte, MG

Máx
24ºC
Min
18ºC
Chuva

Quarta-feira - Belo Horizon...

Máx
23ºC
Min
17ºC
Nublado e Pancadas d

Hoje - Sete Lagoas, MG

Máx
25ºC
Min
19ºC
Chuva

Quarta-feira - Sete Lagoas,...

Máx
27ºC
Min
17ºC
Nublado e Pancadas d

Hoje - Campo Grande, MS

Máx
29ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Campo Grande...

Máx
29ºC
Min
20ºC
Poss. de Panc. de Ch

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,75 3,76
EURO 4,29 4,29
LIBRA ES ... 4,82 4,82
IENE 0,03 0,03
PESO (ARG) 0,10 0,10

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

NJ - Empresa é absolvida de indenizar trabalhador picado por cobra em colheita de café

A juíza Simey Rodrigues, da Vara do Trabalho de Unaí, rejeitou a indenização pretendida por um trabalhador picado por cobra durante a colheita de café na fazenda onde trabalhava. Com base nas provas, a magistrada concluiu que foi o empregado quem não adotou os cuidados para evitar o acidente que resultou na posterior amputação de parte do dedo indicador dele. O lavrador argumentou que o acidente reduziu a capacidade de trabalho dele e gerou danos morais e estéticos. A culpa do patrão estaria no fato de que ele não teria sido treinado para a função, nem recebido equipamentos de proteção. A versão foi negada pelo réu, que acusou o empregado de agir com negligência. Ao analisar o caso, a julgadora ponderou que a atividade de safrista na colheita de café implica risco à integridade física e à vida do trabalhador, diante da grande probabilidade de contato iminente com animais peçonhentos no dia a dia. Segundo observou, o trabalhador fica muito mais vulnerável a acidentes pelas particularidades da função. Para a magistrada, aplica-se a responsabilidade objetiva, que não depende de culpa pelo evento danoso. Por outro lado, o próprio depoimento do empregado serviu para afastar o dever de reparação do empregador. Ele contou que recebeu pano para esticar no chão na hora da colheita do café, vassoura para varrer o local, saco para colocar o café varrido e perneira para trabalhar. Participou de palestra quando foi contratado, na qual foi tratado o assunto sobre cobra no local de trabalho. Nessa palestra foi explicado que o pano deveria ser esticado com o uso do cabo da vassoura, mas, no momento do acidente, ele não adotou esse procedimento. A picada da cobra aconteceu ao esticar o pano. , destacou na sentença. Para a julgadora, o réu observou a regra constitucional que determina ao empregador a adoção de mecanismos visando à "redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança" (art. 7º, XXII, da CR/88), confirmado no artigo 157 da CLT e no artigo 19, § 1º, da Lei 8.213/91. Isso porque submeteu o empregado a treinamento com conteúdo adequado (NR-31 da Portaria 3.214/78 do MTE) e fornecimento de equipamentos aptos a impedir o acidente. De acordo com a juíza, o trabalhador tinha ciência dos riscos decorrentes do procedimento indevido, mas, mesmo assim, assumiu a responsabilidade pelas consequências de seu comportamento. , pontuou, rejeitando os pedidos de pagamento de indenizações por danos materiais, morais e estéticos. A improcedência foi mantida pelo TRT de Minas. , constou do acórdão. A decisão chamou a atenção também para o fato de o trabalhador ter recebido três advertências disciplinares por descumprimento das normas internas do empreendimento. A negligência era uma característica do seu comportamento.
09/11/2018 (00:00)
Visitas no site:  383064
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.